29/10/2019 às 19h10

Supremo proíbe a condução coercitiva para interrogatório

Por Equipe Editorial

Declara a não recepção da expressão “para o interrogatório”, constante do art. 260 do CPP, e a incompatibilidade com a Constituição Federal da condução coercitiva de investigados ou de réus para interrogatório.