28/08/2014 às 05h08

Qualquer que seja a aplicação até 40 salários-mínimos é impenhorável, julga STJ

Por Equipe Editorial

STJ definiu que é impenhorável o valor correspondente a 40 salários-mínimos da única aplicação financeira em nome da pessoa